Relatório da 2ª assembleia popular realizada pelos moradores de Sítio dos Pintos

Aconteceu a segunda edição da Assembleia Popular do Sítio dos Pintos - Dia 10/12/2014, na sede da Escola Municipal Mundo Esperança com a pauta: Transporte Coletivo – Grande Recife Consórcio de Transportes / Defesa Civil – Gerência Regional do Nordeste (Sedec).

A reunião iniciou por volta das 19h30 com o primeiro bloco de apresentação dos presentes, os moradores e as moradoras, coordenadores (BETINHO JOSÉ – Grupo Compasp e TEREZA PEREIRA – Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos) e convidados (NELTON UCHOA – Gerência Regional de NE da Secretaria Executiva de Defesa Civil / LARA LIMA – Secretaria de Infraestrutura e Serviço Urbano da Prefeitura do Recife; JANICI LEMOS – Divisão de Atendimento às Comunidades / FELIPE JOSÉ – Gerência de Fiscalização do Grande Recife Consórcio de Transportes do Governo de Pernambuco).

O 2º bloco foi o momento de retorno das visitas realizadas pela equipe regional da Defesa Civil, depois as colocações gerais dos moradores e das moradoras referente aos problemas diversos na comunidade. A moradora SEVERINA destacou a questão do acumulo de lixo, velocidade dos automóveis, pontos de parada dos ônibus e acessibilidade nas calçadas da Estrada dos Pintos; A moradora VILMA solicitou a colocação de um quebra mola na via principal da comunidade e reafirmou as demais questões citada anteriormente; O morador NOEL chamou atenção para a falta de calçadas na Rua Parque Santa Maria e também na avenida principal de Sítio dos Pintos, a educação ambiental e o acumulo de lixo na localidade, e a manutenção das canaletas; A moradora SOCORRO reforçou a necessidade de monitoramento da sua residência por motivo de está com rachaduras decorrente do muro de arrimo, por causa das infiltrações nas canaletas e escadaria quebrada, e pediu o vistoria técnica da equipe da Sedec; As moradoras JAILMA e NINHA solicitaram vistoria técnica da equipe da Defesa Civil por causa dos rachões nas suas casas decorrente da barreira e também dificuldade a locomoção dos seus familiares; O morador LAURIVAN reclamou sobre a barreira em frente a sua residência, informou que tem o material para construção da barreira mais falta vistoria técnica e da engenharia da Sedec, questiona por que a barreira que foi construída na Escola Mundo Esperança não seguiu até a sua casa, por motivo de ser continuidade; A moradora NOEMIA relatou que a sua residência está com rachaduras e infiltração ao entorno da casa por causa das canaletas e escadaria; e os demais moradores e moradoras reafirmaram a necessidade de atuação emergencial por parte da Prefeitura do Recife nas questões de manutenção, monitoramento e execução de ações paliativas para os problemas citados a cima.

As sugestões para outras demandas: EMLURB - Ações de limpeza urbana no campinho da Rua Parque Santa Maria; manutenção das escadarias, canaletas e calçadas; Iluminação nas ruas São João, Santo Cristo, Nossa Senhora de Fátima e Parque Santa Maria; Trabalho de educação ambiental com a comunidade para a diminuição do acumulo do lixo.

Os gestores NELTON e LARA pediram que o relatório da Assembleia Popular com as demandas, sugestões e encaminhamentos seja enviado por email para possíveis providencias e analise pontual de cada caso com nome, endereço, contatos e fotos dos problemas citados pelos comunitários. Já o pleno solicitou que as visitas e ações realizadas pelos órgãos, sejam comunicados, ao coordenador BETINHO, além da sugestão da criação de um projeto para liberação de engenheiros para assinar projetos de construção de barreiras, quando o morador/moradora disponibilizar a mão de obra e matérias por sua conta.

O 3º bloco os técnicos da Grande Recife Consórcio de Transportes (DIAC e GFIS) informaram que identificaram através da ação de fiscalização algumas irregularidades na frota das linhas 524, 527 e 930 em relação aos elevadores (SET) nos ônibus; a superlotação e tempo de intervalo de um veiculo para outro; o quadro de horários das 3 linhas que atende o Sítio dos Pintos não sofrerá alteração durante o período de férias, continuando o mesmo quadro de dias uteis, depois do retorno foi aberto ao pleno para colocações, complementações e sugestões para a melhoria do transporte coletivo na comunidade.

A moradora JAILMA solicitou fiscalização e averiguação no quadro de horários da linha 532 – Casa Amarela (Cruz Cabugá), pois a moradora denunciou que passa na parada de ônibus, tanto na ida (Sub/Cid) e na volta (Cid/Sub)do seu trabalho a demora constante dos ônibus da linha 532; A moradora TEREZA informou que a demora das linhas 524 e 527 são constantes, principalmente no horário de pico, melhorar o quadro de horários das linhas que atende o bairro de Sítio dos Pintos e a solicitação da ampliação do itinerário da linha 523 – Dois Irmãos (Bacurau) para entrar na Estrada dos Pintos com ponto de retorno no Pinto Gás; O morador JAIR reforçou a necessidade do retorno da viagem das 5:45 da manhã da linha 524, o mal atendimento dos condutores dos veículos das linhas da empresa Transcol, apoiou a sugestão de ampliar o itinerário da linha 523 com entrada na comunidade de Sítio dos Pintos – por causa de vários moradores trabalharem e largarem de madrugada; Demais questões levantadas pelos moradores e moradores foram: demora na parada de ônibus, superlotação dos ônibus pela manhã, descumprimento no atendimento das ultimas viagens das linhas 524, 527 e 930, inclusive com leiteiros apagados, a quantidade de veículos quebrados e velhos, e o itinerário da linha 527.

Algumas sugestões que são destaque para analise por parte da Grande Recife: Reprogramar o quadro de horário das três linhas; Mudança no itinerário da linha 527 retornando para o ponto de retorno no Terminal do Cais de Santa Rita e ao retorno do itinerário inicial da linha na sua criação, na volta (Cid/Sub) passando pela Avenida Conde da Boa Vista; Aumentar a frota da linha 524 por ser há mais antiga; Atendimento da linha 523 à comunidade de Sítio dos Pintos (Estrada dos Pintos com ponto de retorno no Pinto Gás); Divulgação dos quadros de horários das linhas 524, 527, 930 e 532 nos próprios veículos e também com panfletos para os comunitários; Reunião na sede da Grande Recife com uma comissão de moradores para o retorno das sugestões.

A assembleia popular foi encerrada com o informativo de seu retorno em fevereiro de 2015 com demais temas definidos na 1ª assembleia do dia 18/11. Agradecimento pela participação dos moradores e das moradoras, como também a contribuição dos gestores da Prefeitura do Recife e Governo do Estado.

Moradores promovem assembleia para discutir sobre transporte coletivo e defesa civil

Os moradores de Sítio dos Pintos, bairro da zona norte do Recife, estão realizando diversas reuniões temáticas para debater os problemas da localidade. Nesta quarta-feira, dia 10, acontecerá a segunda edição da Assembleia Popular, às 19h, na Escola Municipal Mundo Esperança, na pauta principal: "Transporte Coletivo e Defesa Civil/Serviços Públicos". Na primeira reunião, em novembro, os grupos Compasp e Mulheres de Sítio dos Pintos conseguiram reunir 15 representantes de diversas pastas da Prefeitura do Recife e Governo do Estado, numa prova da força do movimento popular e comunitário nos bairros. "O objetivo desses encontros é garantir a escuta da população referente aos problemas enfrentados pelos moradores e fazer o controle social das políticas públicas" informa Betinho José. 

Serviço: 
2ª Assembleia Popular 
Dia 10 
Às 19h 
Escola Municipal Mundo Esperança (Estrada dos Pintos, nº 900 - Sítio dos Pintos) 
Informações: (81) 3269.6776