EMLURB INTENSIFICA SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM SÍTIO DOS PINTOS

Tereza Pereira
Para diminuir os riscos, a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), realizou nesta segunda-feira, dia 24, o trabalho de manutenção dos postes na comunidade de Sítio dos Pintos.

A equipe fez as trocas das lâmpadas queimadas e a troca das fontes de energia. A operação faz parte das ações de monitoramento das áreas de risco na comunidade, solicitada pela Comissão Pró-Arraial (Compasp) e Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos. No começo da manhã, a equipe da Emlurb chegou na comunidade e monitorou todos os postes da Estrada dos Pintos, Rua São Pedro, Vila Nossa Senhora da Conceição e Alto Bom Jesus.

De acordo com a integrante da Compasp e Grupo Mulheres da comunidade, Tereza Pereira, o trabalho de monitoramento e manutenção dos postes é importante para diminuição dos riscos. “Este trabalho da Prefeitura do Recife de forma articulada com a comunidade é para garantir mais segurança para a população. Além desse trabalho de troca das lâmpadas, existe uma ação de extrema relevância que é o cuidado com as pessoas, pois muitos postes são localizados nas ladeiras, altos e ruas escuras”, disse Tereza.

Ela também chamou atenção da PCR para atuar na manutenção das canaletas, escadarias, o lixo e principalmente no canal, localizado na Estrada dos Pintos, próximo a entrada do Córrego da Fortuna. “A PCR precisa urgentemente agilizar a construção da ponte do canal que esta prejudicando os moradores. Em relação, as canaletas é muita infiltração e as escadarias estão todas quebradas”, informou Tereza.

MORADORES REALIZARAM PROTESTO PARA DENUNCIAR ENTUPIMENTO DE CANAL NA COMUNIDADE

Os moradores de Sítio dos Pintos, Zona Norte do Recife, não agüentam mais conviver com as conseqüências causadas pelo entupimento de um canal da localidade. Segundo eles, a água chega a invadir residências. Confira o vídeo da reportagem da TV Jornal mostrando o povo protestando e colocando a boca no trombone.

Fonte: TV Jornal

SEMINÁRIO DEBATE SOBRE RESPEITO À DIVERSIDADE RELIGIOSA


Nesta sexta-feira, dia 21, acontece o seminário ”Estatuto da Igualdade Racial e o Respeito à Diversidade Religiosa”. O evento acontece às 14h, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), localizado na Rua da Aurora, nº 265, Boa Vista.

Apontada como prioridade pelos delegados do Fórum Temático de Negras e Negros do Orçamento Participativo, a sistematização e organização de um programa municipal de respeito à diversidade religiosa é o objetivo do seminário. Representantes de várias religiões participam do encontro, que busca também reafirmar o dia 21 de janeiro, Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

21 de janeiro - O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa visa à importância do diálogo entre as religiões para a busca de paz entre os povos. A data foi oficializada no dia 27 de dezembro de 2007, pela Lei n°11.635. Ela foi criada por um episódio ocorrido na Bahia, em 21 de janeiro de 2000, onde uma mãe de santo faleceu, após ser vítima de atos violentos praticados por fanáticos.

ENCONTRO DISCUTE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA E AO TRÁFICO DE MULHERES DURANTE A COPA

A Secretaria Especial da Mulher do Recife, promove nessa quinta-feira (20), em fortaleza (Ceará), a primeira reunião visando a formação de um consórcio entre as capitais da região Nordeste que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. A parceria terá o objetivo de definir estratégias de prevenção à violência e ao tráfico internacional de mulheres durante a realização da maior competição mundial de futebol.

O encontro acontecerá das 9h às 12h, na sala anexa ao gabinete da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, sob o comando da titular da pasta Especial da Mulher de Recife, Rejane Pereira, com a participação das coordenadorias de mulheres de Fortaleza, Natal e Salvador.

Segundo Rejane Pereira, “existem pesquisas que apontam a região Nordeste como uma das rotas internacionais do tráfico de mulheres, daí nossa preocupação em iniciar um trabalho preventivo dialogando com as prefeituras das capitais sub-sedes dos jogos da Copa do Mundo”, afirmou.

QUANDO A ESMOLA É GRANDE, O SANTO DESCONFIA

Prédio da reitoria da UFRPE em Dois Irmãos, no Recife

A reitoria da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) prometeu realizar um plano de ações para o enfrentamento da violência no campus e  no bairro de Dois Irmãos de forma integrada, com foco na prevenção e respeito aos cidadãos. Além de promover uma articulação entre toda população acadêmica e as comunidades de Sítio dos Pintos, Córrego da Fortuna e Sítio São Braz em todas as atividades. A UFRPE também convocou os representantes dos grupos, associações e outras entidades para solicitar sugestões, ficando essas mobilizações, plano de ações e projetos, só na promessa e no papel. Fica o espaço aberto para universidade se pronunciar.

MORADORES DA COMUNIDADE QUEREM ÁGUA NAS TORNEIRAS COM TAXA SOCIAL

Maria José Moreira diz que, com o hidrômetro individual, a maioria dos moradores não tem condição de pagar o valor da conta de água. 
Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

Água nas torneiras, mas pagando apenas a taxa social. É assim que a comunidade do Sítio dos Pintos, em Dois Irmãos, espera que a Compesa faça a cobrança pelo fornecimento.

Os moradores alegam que possuem poço próprio desde 1986 e, por isso, acreditam que devam pagar apenas a taxa social, que hoje é de R$ 8,56. A construção do poço foi uma conquista da comunidade mas, desde a década de 1990, sua administração vem sendo conduzida pela Compesa. No entanto, há um ano, a companhia deu início à instalação dos hidrômetros individuais para então regulamentar a cobrança do fornecimento de acordo com o consumo de cada um. 
O que tem deixado os moradores apreensivos. "A questão é que a Compesa em nenhum momento se reuniu ou convocou a gente para apresentar e debater a proposta. O Sítio dos Pintos é uma comunidade carente e tem um poço de água próprio e os moradores já pagam a conta de água", denunciou o cidadão-repórter Zé Alberto, o Betinho do Sítio dos Pintos. Leia a reportagem completa de Ana Paula Neiva do Diário de Pernambuco, clicando aqui.

COORDENADORA DO GRUPO MULHERES COMEMOROU A VIRADA DO ANO NA CASA DO GOVERNADOR


A coordenadora Tereza Pereira do Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos passou o reveillon na casa do governador Eduardo Campos em Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco. A virada do ano foi com uma bela confratenização, com DJ's, e grande queima de fogos para receber o novo ano.

Foto: Roberto Pereira/SEI