III SISTEMA DE INDICADORES DE QUALIDADE DE VIDA DO RECIFE

100_4638-menor

Um indicador que não tenha significado é apenas mais um dado. E um dado que continue sem aplicação, não é nada. Por isso a nossa inquietação. Nós que fazemos parte do Movimento Observatório do Recife começamos a nos incomodar com uma questão ao mesmo tempo simples e gigante: “como fazer com que os indicadores de qualidade de vida da cidade do Recife tenham significado para a população como um todo?” Melhor: “como pode-se construir uma sociedade diferente a partir dessas novas leituras?”

Daí entendemos que fazer uma publicação com alguns indicadores de qualidade de vida e distribuir entre alguns cidadãos ainda é só a metade do que gostaríamos de realizar. Há ainda um grande caminho a ser percorrido na intenção de garantir que todos tenham acesso às informações e que, com o tempo, comecem a dar a elas o devido significado, como quando nos familiarizamos com uma nova ferramenta de trabalho e, aos poucos, encontramos novas utilidades, novos caminhos que facilitam o dia a dia e o tornam especial.

De olho nesse desafio, estamos trazendo para a população do Recife o 3º sistema de indicadores de qualidade de vida, dessa vez não limitados ao papel (nem apenas aos dados), mas de uma forma que torne mais fácil o acesso sob o formato digital (on-line e em programa). E claro, sabemos que isso está longe de ser ideal, mas entendemos que precisamos começar. E expandir, evoluir a nossa proposta inicial. Sabemos das limitações dos formatos anteriores e por isso mudamos. Mas também sabemos das limitações do formato atual e por isso mesmo já estudamos novas formas de melhorar. O que queremos deixar claro é que não vamos parar por aqui!

Os dados são apresentados com séries históricas e, sempre que possível, comparando os resultados de Recife com as outras capitais brasileiras. A partir desse conhecimento, é possível identificar grandes desafios para a capital pernambucana, que se coloca abaixo da média na maior parte dos indicadores estudados em uma comparação nacional. Isso deverá levar a debates, discussões e participação consciente da sociedade, a fim de construir um conjunto de metas e de estratégias para o contínuo desenvolvimento. Ou seja, mudança.

Remontando nossa história, a partir de 2008 vimos a oportunidade de começar a tornar pública essa quantidade estranha de dados, esse monte de informação que para muitos ainda não significa nada. Dentro da especialidade de cada integrante dos nossos grupos de trabalho, procuramos seguir com a ideia de que só podemos mudar nossa realidade conhecendo nossa realidade. E por isso tudo, lutamos. E chegamos aqui. O Movimento Observatório do Recife aposta no exercício da cidadania, na isenção político-partidária, na transparência e na consistência das suas ações. Mas acima de tudo, queremos que você saiba que o Movimento é um coletivo de pessoas exatamente iguais a você: cidadãos do Recife. E dessa forma o convidamos para que se sinta a vontade para nos ajudar nessa evolução.

Esperamos que você goste do que preparamos. Alguns indicadores vão deixá-lo feliz. Outros, nem tanto. Mas que fique claro que para manter os “felizes” e melhorar os “nem tanto” precisamos de você. Conosco. Primeiramente observando os dados, para depois assumir o papel de cidadão, exercendo a sua responsabilidade em cobrar do poder público, para depois dar significado a esses dados e, com isso, promover mudança.


FESTA DA PADROEIRA DE SÍTIO DOS PINTOS


Os fieis e moradores do bairro de Sítio dos Pintos, na zona norte do Recife, vão realizar nos dias 9 a 12 de novembro, a Festa de Nossa Senhora das Graças 2011, com o tema: “A Eucaristia, Ação de Graças a Deus”. Durante os quatro dias haverá procissões, missas, terços, barraquinhas de alimentos e outras atividades em homenagem a padroeira de Sítio dos Pintos. A festa ainda contará com “os noiteiros” que são as comunidades convidadas (Alto do Mandu, Vila São João, Córrego da Fortuna, Eurico Chaves, Sítio São Brás, Apipucos e Dois Irmãos) e os grupos da Igreja (Terço dos Homens, Infância Missionária, Pastoral da Criança, Legião de Maria, Santas Missões, Catequese de Crisma e Pastoral da Família).

Programação:

Dia 09/11 – Quarta-feira

18h30 – Abertura com a Procissão da Bandeira


19h30 – Santa Missa

Dia 10/11 – Quinta-feira

18h30 – Terço


19h30 – Santa Missa

Dia 11/11 – Sexta-feira

18h30 – Terço


19h30 – Santa Missa

Dia 12/11 – Sábado

6h00 – Oficio de Nossa Senhora


18h30 – Encerramento com a Procissão


19h30 – Santa Missa

Serviço:
Festa da Padroeira de Sítio dos Pintos
Dias 9, 10, 11 e 12 de Novembro de 2011
Capela Nossa Senhora das Graças
(Endereço: Avenida Prefeito Agustinho Nunes, s/n, em Sítio dos Pintos)

BURACOS EM RUA DE SÍTIO DOS PINTOS COMPLICA A VIDA DOS MORADORES

Por causa da ineficiência da presidência da Associação dos Moradores do bairro de Sítio dos Pintos, a comunidade tem que usar a internet para resolver os problemas. Os moradores da 3ª Travessa Paes de Andrade, no Alto Boa Esperança, reclamam da falta de manutenção da rua. 


Os buracos estão tanto dor de cabeça a muito tempo, causando até acidentes e dificultando a passagem das pessoas, principalmente os idosos. Essa não é a única preocupação dos moradores, além dos buracos, a noite fica uma escuridão com os postes apagados, aumentando ainda mais os problemas. 


 
Portanto, a comunidade conta com a solidariedade do prefeito João da Costa para enviar uma equipe da Prefeitura do Recife que possa de fato colocar um ponto final e resolver esta situação lastimável.

SÍTIO DOS PINTOS ESPERA INAUGURAÇÃO DO ALTO BOM JESUS

Foto: PCR

A população de Sítio dos Pintos gostaria de saber da Prefeitura do Recife quando vão terminar a obra (escadarias e encostas) no Alto Bom Jesus, na comunidade. Além do termino, o povo pedi a inauguração da obra por parte do prefeito João da Costa (PT) e a oficialização total do fechamento da obra. Historicamente, as poucas obras realizadas pela PCR na comunidade, tiveram também a pouca presença dos prefeitos na entrega das obras para os moradores. Portanto, o povo da comunidade espera a presença  e o compromisso do prefeito João da Costa para a inauguração das encostas e escadarias do Alto Bom Jesus, pois os moradores querem agradecer de perto ao chefe do executivo municipal.

FALTA DE SEGURANÇA CONTINUA PREOCUPANDO MORADORES DE DOIS IRMÃOS


Moradores falam do maior problema do bairro de Dois Irmãos no momento, a insegurança. O grande problema das comunidades de Sítio dos Pintos, Sítio São Braz, Sítio Sapucaia e Córrego da Fortuna, em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. As comunidades se preocupam com o grande índice de assaltos na região e também da falta de um plano de ações do Governo do Estado. Segundo informações dos moradores existe uma explicação para a violência no bairro. 

Após o fechamento do posto policial pela Secretaria de Defesa Social começou a ter assalto e até execução, a PM fez ações  no bairro que diminuiu os assassinatos, mais continua a insegurança. Já outros habitantes sugerem maior investimento em atividades para os jovens, afirmando que se tivesse mais atividades culturais, cursos profissionalizantes, acesso as ações educativas e esporte, a violência diminuiria.

MULHERES DE SÍTIO DOS PINTOS PROMOVE ENCONTRO FEMINISTA


O Grupo de Mulheres de Sítio dos Pintos (GMSP) esta na ativa na real, no dia 14 de maio a organização feminina do bairro realizou o Encontro das Mulheres e Mães 2011, no Sítio Bar. O evento teve debates sobre os direitos das mulheres, a importancia de participar de um grupo para o fortalecimento da luta por mais direitos e projetos sociais para as mães.  

Além de festejarem o Mês das Mães com uma quadrilha junina, brincadeiras, bolo e muita comida. As participantes também curtiram uma seleção musical diversificada, do forró ao brega, e do MPB ao frevo, sempre canções de qualidade. "As atividades do grupo segui um calendário e este encontro serviu para inserir outras mulheres na luta dos seus direitos", afirma Tereza, coordenadora do Grupo de Mulheres.

O encontro contou ainda com a presença de Betinho José, integrante da Pastoral da Criança e do Fórum de Assistência Social do Recife, que falou sobre as ações da área social para as mães, mulheres e jovens.

COMUNIDADE DEBATE OS PROBLEMAS E SOLUÇÕES PARA PSF DE SÍTIO DOS PINTOS


Os moradores de Sítio dos Pintos, na Zona Norte do Recife, se reuniram hoje à tarde, das 14h até 17h, na sede da Associação do Bairro com os representantes do Distrito Sanitário III - Secretaria de Saúde do Recife para dialogar sobre os problemas e soluções para o Posto de Saúde da Família. 

Inicialmente, a equipe da Prefeitura do Recife fizeram uma prestação de contas, informaram o cronograma de atendimento, etc. Logo apos, se abriu para os moradores, onde os mesmos, falaram de diversos problemas (encaminhamentos para especialistas, marcação de médico, atendimento no PSF, a falta de auxiliar de enfermagem e de dentista).

No final da reunião depois de todos e todas colocaram suas opiniões e sugestões, se definiu uma pauta de discussão, com a criação de um Conselho Gestor (Sociedade Civil, Trabalhadores da unidade e representantes do Distrito Sanitário III), a próxima reunião para discutir o NASF ficou marcando para o dia 25/05, e por fim, os representantes da Secretaria de Saúde levará para ser analisando as propostas sugeridas pela comunidade.

Presença - Esteve presente na reunião os(as) integrantes do Grupo Compasp, Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos, Associação Comunitária Conquista, delegados(as) do OP Mulher, Assistência Social e Educação. 

Foto: Web / Fonte: Grupo Compasp

MORADORES RECLAMAM DE ENTUPIMENTO DE CANAL NA VILA PRINCIPAL DA COMUNIDADE


Moradores de Sítio dos Pintos, Zona Norte do Recife, não conseguem mais conviver com as conseqüências causadas pelo entupimento do canal que passa por uma ponte na Estrada dos Pintos. Segundo a comunidade, a água chega a invadir as casas e a própria avenida fica interrompida para a passagem de pedestres e veículos na localidade. 
A comunidade está mais aflita, por causa da abertura de um buraco que toma conta da metade da via, dificultando a passagem dos moradores. Solicitamos uma providência urgente da Prefeitura do Recife para a construção da estrutura de fato de uma ponte para acabar o problema da região.

COMUNIDADE NA LUTA POR UMA EDUCAÇÃO LIVRE DE DISCRIMINAÇÕES

O Grupo Compasp (Comissão Pró-Arraial do Sítio dos Pintos) está na coordenação do Comitê Pernambucano da Campanha Nacional pelo Direito à Educação que mais um ano está nessa mobilização internacional por uma educação pública de qualidade para todos nós.

A Semana de Ação Mundial (SAM) é uma iniciativa da Campanha Global pela Educação (GCE) que desde 2003 acontece simultaneamente em mais de 100 países como uma grande pressão internacional sobre líderes e políticos para que cumpram os tratados e as leis nacionais e internacionais, com destaque para o Programa de Educação para Todos (Conferência Mundial de Educação, Dacar/Senegal, Unesco, 2000), e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ONU, 2000), no sentido de garantir educação pública de qualidade para todas e todos.

No Brasil, a Semana é coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, que produz e distribui materiais de apoio e realiza inúmeras atividades junto com diversos parceiros. Desde 2003, a Semana já mobilizou mais de 43 milhões de pessoas em todo o mundo. Para a Campanha, a Semana é uma importante oportunidade de movimentar sua rede, debater temas, produzir e compartilhar informações e conhecimentos, realizar ações de mobilização e pressão política. Enfim, mostrar a força coletiva desta que é a mais ampla rede social e política de luta pelo direito à educação pública de qualidade no Brasil.

Nós da Campanha queremos manter nossa roda girando e crescendo!

FAÇA VOCÊ TAMBÉM PARTE DESTA GRANDE MOBILIZAÇÃO MUNDIAL! ENTRE EM NOSSA RODA!

COMUNIDADE SOFRE COM O DESRESPEITO DA COMPESA

Créditos: Portal EEP

O bairro de Sítio dos Pintos, zona Norte do Recife, continua sofrendo com a Compesa. Os moradores do Alto da Boa Esperança estão sem água nas torneiras fazem quadro dias. 

Hoje, a Compesa baixou aqui na comunidade para realizar serviços, paralisando total o abastecimento em toda a região, sem se quer comunicar oficialmente à população, através de carro de som ou panfleto. 

Quando vão realizar algum serviço na região não informam, nem reuni a população, mais na verdade, fazem todos nós passamos por constrangimento, sem nenhuma outra alternativa com a falta de água nas torneiras. 

O desrespeito é grande, faltando dialogo e transparência da companhia com a nossa comunidade.

A Compesa está servindo para destruir os asfaltos das ruas, avenidas, estradas e o povo é que paga com os seus grandes erros, além da companhia ser a grande desperdiçadora de água com os seus péssimos serviços, se esquecendo de suas outras atribuições.

MISSÃO DA COMPESA
A COMPESA tem como missão prestar, com efetividade serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, de forma sustentável, conservando o meio ambiente e contribuindo para a qualidade de vida da população.
VISÃO
A longo prazo: Universalização sustentável dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no âmbito de sua atuação.
Para 2010: Consolidação como empresa econômica e financeiramente sustentável, ampliando a prestação e a qualidade dos serviços.
VALORES
ÉTICA E DISCIPLINA: Agir com integridade, disciplina, responsabilidade, profissionalismo, proatividade e transparência.
COMPROMISSO: Desenvolver suas atividades de acordo com a missão e a visão da Empresa e com foco em resultados.
INTEGRAÇÃO, PARTICIPAÇÃO E VALORIZAÇÃO: Valorizar o capital humano, num ambiente cooperativo, harmônico e saudável.
SATISFAÇÃO DO CLIENTE E MODICIDADE TARIFÁRIA: Prestar  um serviço com qualidade e com menor custo.
QUALIDADE E PRODUTIVIDADE: Promover a melhoria contínua e a modernização dos serviços prestados.
RESPONSABILIDADE SOCIAL: Conscientização do valor social dos serviços prestados e interação com a sociedade.

Fonte: Site da COMPESA/APL

PRIORIDADES DOS MORADORES DO SÍTIO DOS PINTOS

Projeto modelo da Academia da Cidade de Sítio dos Pintos

A prioridade escolhida pelos moradores de Sítio dos Pintos, bairro da Zona Norte do Recife, no Orçamento Participativo de 2009, foi a construção da praça com espaço para eventos na comunidade.

Depois das três plenárias, a comunidade ficou pela primeira vez com duas ações entre as dez prioritárias para a Prefeitura do Recife fazer na região. Em quinta colocação ficou a praça e em sexto a contenção de encosta da Travessa da Rua Parque Santa Maria.

No entanto, a Comissão Pró-Arraial do Sítio dos Pintos devente a construção da praça dentro do Projeto da Academia da Cidade, no Terreno dos Marroquinos. "Nos acreditamos que será um bom espaço para o bem estar, saúde, diversão, encontro das famílias e atenderá duas demandas dos moradores e das comunidades", afirma o coordenador José Alberto, o Betinho do Sítio dos Pintos.

Segundo ele, os moradores pedem urgente a iniciação do processo de levantamento da academia, pois será o cartão postal da comunidade.

CONSTRUÇÃO DO CEMEI DE SÍTIO DOS PINTOS NÃO SAIU DO PAPEL

Modelo do CEMEI
Divulgação: SEEL - PCR

O prefeito João da Costa deu ordem de serviço para construção do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI – Sítio dos Pintos) da Secretaria de Educação, e até hoje, nada saiu do papel. 

A ordem foi assina em 2010 no Centro de Formação Professor Paulo Freire, no bairro da Madalena, que contou com a presença das comunidades de Sítio dos Pintos, Córrego da Fortuna, Sítio São Braz e Dois Irmãos, que serão beneficiadas com a moderna creche da Prefeitura do Recife. Mais nada se tornou realidade. 

Segundo, José Alberto, conhecido por Betinho, integrante do Grupo Compasp, a obra vai tirar do papel um direito da criança. "Essa creche é muito importante para a região, pois vai atender a muita gente. Serão mães que poderão deixar os seus filhos para trabalharem, e os pequeninos terão o seu direito atendido”.

O José Alberto complementa falando da importância desse direito para a cidade. “O CEMEI vai ser mais uma conquista para toda a sociedade. O povo vendo isso acontecer, será a prova que o Recife continua a cuidar e a fazer muito mais pelas pessoas. A construção da creche é mostrar o compromisso dessa gestão popular e comprometida com as causas populares”. 

O CEMEI foi uma das prioridades mais votadas no Orçamento Participativo 2009, onde o Grupo Compasp e o Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos sempre estiveram presentes nessa luta com delegados e delegadas no OP.

COMUNIDADE PROMOVE POLO DE CARNAVAL COM DIVERSAS ATRAÇÕES E MANIFESTAÇÕES CULTURAIS NO RECIFE

Polo Comunitário de Sitio dos Pintos (Dois Irmãos)

Este ano, o carnaval do bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte de Recife, entrará no roteiro da folia da cidade. As entidades, grupos e associações  populares da região, realizarão o primeiro ano do Polo Comunitário de Sítio dos Pintos na semana oficial do Carnaval, com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Recife.

As apresentações serão de artistas, bandas e grupos, e a realização de uma Matinê Infantil com manifestações culturais. O Polo acontece no domingo e segunda de Carnaval, nos dias 6 e 7 de março, das 14:00h às 23:30h, na Rua Prefeito Agostinho Nunes Machado, em frente a Igreja Católica da comunidade de Sítio dos Pintos.

A grade de programação do Polo Comunitário de Sítio dos Pintos conta com vários ritmos, para todos os gostos e públicos, além do acesso ao direito a cultura e proporcionando o turismo comunitário.

No domingo (06/03):

14:00 – Desfile dos Blocos Defunto da Mata e Defunto do Parque Santa Maria*

18:00 – Banda Acocada (Coco)

18:30 – Henrique Silva (Brega)

19:00 – Narciso e Suas Composições (Brega)

19:30 – Banda Afásico (Samba Rock)

21:00 – Grupo Djembolata (Manguebeat)

22:30 – Orquestra Nassau (Frevo)

Na segunda (07/03):

14:00 – Matinê Infantil (Fazendo Arte)**

18:00 – Orquestra Botelho (Frevo)

18:45 – Gustavo MC e Dj Metal (Hip Hop)

19:30 – Dj Cleiton e Bolado (Brega)

21:00 – Grupo Família (Samba)

22:30 – Banda Os Molekões (Swingueira)

*Desfile – No domingo (06), às 14h, sairá as ruas, o Bloco “Defunto da Mata" e "Defunto do Parque Santa Maria” que vai desfilar pelas comunidades do bairro de Dois Irmãos (Córrego da Fortuna, Sítio dos Pintos e Sítio São Braz), acompanhados de orquestra de frevo, trio elétrico e grupo de passistas, com o encerramento no Polo Comunitário.

**Matinê Infantil – Na segunda-feira (07), no turno da tarde, haverá uma programação especial para as crianças, com a Matinê Infantil (Apresentações culturais, concurso do rei e rainha, passista, brincadeiras e jogos), além de muito frevo e animação cultural com educadores sociais.

AGENDA DA FOLIA DE SÍTIO DOS PINTOS NA ZONA NORTE DO RECIFE

Foto: Grupo Compasp

Este ano, em Sítio dos Pintos, bairro de Dois Irmãos, Zona Norte do Recife, tem uma agenda de carnaval com atividade para todos os gostos.

A folia começa, neste domingo (27), às 14h, com os desfiles de dois blocos comunitários “Respeito é bom, e a mulher gosta” e “Esperança de Sítio dos Pintos”, abrindo oficialmente a folia da comunidade com um grupo de passistas, orquestra de frevo, as integrantes do Grupo Mulheres e participantes do Grupo Compasp.

No próximo domingo (06), às 15h, sairá as ruas o Bloco Popular “Defunto do Parque” que vai desfilar pelas comunidades do Córrego da Fortuna e Sítio São Braz, acompanhado de orquestra de frevo e grupo de passistas, com o encerramento em frente a Igreja Católica de Sítio dos Pintos.

Já nos dias 6 e 7 (domingo e segunda de Carnaval), na Rua Prefeito Agostinho Nunes, estará montado o Polo Comunitário Sítio dos Pintos onde vão se apresentar artistas populares e convidados da região, com o apoio da Prefeitura do Recife. Informações: (81) 3269-6776 ou 8702-1241.

CARNAVAL DE SÍTIO DOS PINTOS TERÁ ABERTURA OFICIAL DA FOLIA NA COMUNIDADE

Encerramento do Desfile do Bloco da Esperança - Ano I, em 2009. Foto: Grupo Compasp
O Carnaval de Sítio dos Pintos, bairro da Zona Norte do Recife, terá este ano abertura oficial. O desfile de duas agremiações “Bloco Esperança – Ano 3” e “Respeito é bom, e a mulher gosta – Ano 2” juntas abrirão o carnaval da comunidade.

A saída acontece no próximo domingo, dia 27, com concentração no Parque Santa Maria, às 14:00h, na comunidade de Sítio dos Pintos. As agremiações sairão ao som de muito frevo e alegria de viver, com uma orquestra e passistas do Projeto Escola Aberta da comunidade.

A estimativa de público é cerca de 300 participantes, e a união dos blocos é para promover um grande desfile da folia. A realização do Grupo Compasp (Comissão Pró-Arraial de Sítio dos Pintos) e o Grupo Mulheres.

O objetivo é realizar a abertura da folia, promoção do acesso a cultura e também chamar atenção da população sobre as questões sociais – principalmente a cultura de paz e direitos das mulheres.

Além de festejar a maior festa popular do planeta em prol de uma comunidade melhor e justa, visa preparar os moradores para curtir na própria comunidade a festa de momo. Maiores informações: Tereza Pereira – Coordenação (Cel.: 8702.1241ou 8753.0609).

COMUNIDADE DO SÍTIO DOS PINTOS FICA SEM ÁGUA NAS TORNEIRAS POR CAUSA DE CANO QUEBRADO


A comunidade do Sítio dos Pintos, na Zona Norte do Recife, estão revoltados com a Compesa. Os moradores reclamam das ações que a empresa faz e não comunica à população, e ainda deixa incompleto.

Nos últimos mês, os moradores da Estrada dos Pintos e Alto Boa Esperança ficaram mais uma vez sem água. A Compesa depois de realizar um trabalho mal feito na encanação, deixando um cano aberto com muita água correndo no meio-fio da avenida.

O cano fica localizando entre a Estrada dos Pintos e Rua Prefeito Agostinho Nunes, na comunidade. Segundo informações dos moradores, já faz muito tempo este cano a céu aberto. “É um estrago d'água danado. Isso é 24 horas. Enquanto muitos moradores estão sem água na torneira”, disse uma moradora revoltada.

COMPASP DIVULGA NOTA SOBRE O CAMPO DE FUTEBOL E A CONSTRUÇÃO DA ACADEMIA DO BAIRRO

Terreno sugerindo por vários grupos da comunidade


A Compasp divulga nota, pois está preocupada com a situação do Campo de Futebol de Sítio dos Pintos.  

O grupo chama atenção do Governo do Estado e Prefeitura do Recife, para a possível construção da Academia da Cidade no local.

Ao entorno do campo, existem vários problemas, como esgoto a céu aberto, circulação das águas das canaletas, queda de barreira, acessibilidade, segurança, iluminação, entre outros. 

Portanto, o Grupo Compasp reforça o pedido dos moradores sobre o local da construção da academia. Sugerimos o terreno dos Marroquinos na avenida principal do bairro, que atualmente está abandonado.

EMLURB INTENSIFICA SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM SÍTIO DOS PINTOS

Tereza Pereira
Para diminuir os riscos, a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), realizou nesta segunda-feira, dia 24, o trabalho de manutenção dos postes na comunidade de Sítio dos Pintos.

A equipe fez as trocas das lâmpadas queimadas e a troca das fontes de energia. A operação faz parte das ações de monitoramento das áreas de risco na comunidade, solicitada pela Comissão Pró-Arraial (Compasp) e Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos. No começo da manhã, a equipe da Emlurb chegou na comunidade e monitorou todos os postes da Estrada dos Pintos, Rua São Pedro, Vila Nossa Senhora da Conceição e Alto Bom Jesus.

De acordo com a integrante da Compasp e Grupo Mulheres da comunidade, Tereza Pereira, o trabalho de monitoramento e manutenção dos postes é importante para diminuição dos riscos. “Este trabalho da Prefeitura do Recife de forma articulada com a comunidade é para garantir mais segurança para a população. Além desse trabalho de troca das lâmpadas, existe uma ação de extrema relevância que é o cuidado com as pessoas, pois muitos postes são localizados nas ladeiras, altos e ruas escuras”, disse Tereza.

Ela também chamou atenção da PCR para atuar na manutenção das canaletas, escadarias, o lixo e principalmente no canal, localizado na Estrada dos Pintos, próximo a entrada do Córrego da Fortuna. “A PCR precisa urgentemente agilizar a construção da ponte do canal que esta prejudicando os moradores. Em relação, as canaletas é muita infiltração e as escadarias estão todas quebradas”, informou Tereza.

MORADORES REALIZARAM PROTESTO PARA DENUNCIAR ENTUPIMENTO DE CANAL NA COMUNIDADE

Os moradores de Sítio dos Pintos, Zona Norte do Recife, não agüentam mais conviver com as conseqüências causadas pelo entupimento de um canal da localidade. Segundo eles, a água chega a invadir residências. Confira o vídeo da reportagem da TV Jornal mostrando o povo protestando e colocando a boca no trombone.

Fonte: TV Jornal

SEMINÁRIO DEBATE SOBRE RESPEITO À DIVERSIDADE RELIGIOSA


Nesta sexta-feira, dia 21, acontece o seminário ”Estatuto da Igualdade Racial e o Respeito à Diversidade Religiosa”. O evento acontece às 14h, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), localizado na Rua da Aurora, nº 265, Boa Vista.

Apontada como prioridade pelos delegados do Fórum Temático de Negras e Negros do Orçamento Participativo, a sistematização e organização de um programa municipal de respeito à diversidade religiosa é o objetivo do seminário. Representantes de várias religiões participam do encontro, que busca também reafirmar o dia 21 de janeiro, Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

21 de janeiro - O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa visa à importância do diálogo entre as religiões para a busca de paz entre os povos. A data foi oficializada no dia 27 de dezembro de 2007, pela Lei n°11.635. Ela foi criada por um episódio ocorrido na Bahia, em 21 de janeiro de 2000, onde uma mãe de santo faleceu, após ser vítima de atos violentos praticados por fanáticos.

ENCONTRO DISCUTE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA E AO TRÁFICO DE MULHERES DURANTE A COPA

A Secretaria Especial da Mulher do Recife, promove nessa quinta-feira (20), em fortaleza (Ceará), a primeira reunião visando a formação de um consórcio entre as capitais da região Nordeste que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. A parceria terá o objetivo de definir estratégias de prevenção à violência e ao tráfico internacional de mulheres durante a realização da maior competição mundial de futebol.

O encontro acontecerá das 9h às 12h, na sala anexa ao gabinete da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, sob o comando da titular da pasta Especial da Mulher de Recife, Rejane Pereira, com a participação das coordenadorias de mulheres de Fortaleza, Natal e Salvador.

Segundo Rejane Pereira, “existem pesquisas que apontam a região Nordeste como uma das rotas internacionais do tráfico de mulheres, daí nossa preocupação em iniciar um trabalho preventivo dialogando com as prefeituras das capitais sub-sedes dos jogos da Copa do Mundo”, afirmou.

QUANDO A ESMOLA É GRANDE, O SANTO DESCONFIA

Prédio da reitoria da UFRPE em Dois Irmãos, no Recife

A reitoria da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) prometeu realizar um plano de ações para o enfrentamento da violência no campus e  no bairro de Dois Irmãos de forma integrada, com foco na prevenção e respeito aos cidadãos. Além de promover uma articulação entre toda população acadêmica e as comunidades de Sítio dos Pintos, Córrego da Fortuna e Sítio São Braz em todas as atividades. A UFRPE também convocou os representantes dos grupos, associações e outras entidades para solicitar sugestões, ficando essas mobilizações, plano de ações e projetos, só na promessa e no papel. Fica o espaço aberto para universidade se pronunciar.

MORADORES DA COMUNIDADE QUEREM ÁGUA NAS TORNEIRAS COM TAXA SOCIAL

Maria José Moreira diz que, com o hidrômetro individual, a maioria dos moradores não tem condição de pagar o valor da conta de água. 
Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

Água nas torneiras, mas pagando apenas a taxa social. É assim que a comunidade do Sítio dos Pintos, em Dois Irmãos, espera que a Compesa faça a cobrança pelo fornecimento.

Os moradores alegam que possuem poço próprio desde 1986 e, por isso, acreditam que devam pagar apenas a taxa social, que hoje é de R$ 8,56. A construção do poço foi uma conquista da comunidade mas, desde a década de 1990, sua administração vem sendo conduzida pela Compesa. No entanto, há um ano, a companhia deu início à instalação dos hidrômetros individuais para então regulamentar a cobrança do fornecimento de acordo com o consumo de cada um. 
O que tem deixado os moradores apreensivos. "A questão é que a Compesa em nenhum momento se reuniu ou convocou a gente para apresentar e debater a proposta. O Sítio dos Pintos é uma comunidade carente e tem um poço de água próprio e os moradores já pagam a conta de água", denunciou o cidadão-repórter Zé Alberto, o Betinho do Sítio dos Pintos. Leia a reportagem completa de Ana Paula Neiva do Diário de Pernambuco, clicando aqui.

COORDENADORA DO GRUPO MULHERES COMEMOROU A VIRADA DO ANO NA CASA DO GOVERNADOR


A coordenadora Tereza Pereira do Grupo Mulheres de Sítio dos Pintos passou o reveillon na casa do governador Eduardo Campos em Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco. A virada do ano foi com uma bela confratenização, com DJ's, e grande queima de fogos para receber o novo ano.

Foto: Roberto Pereira/SEI