NORDESTÃO DE QUADRILHAS 2009

Passou o São João, mas as quadrilhas juninas continuaram tendo destaque na programação cultural da Cidade neste mês de julho. Em sua sétima edição, o Concurso Nordestão de Quadrilhas reuniu no Estádio de Esportes Geraldo Magalhães – Geraldão, grupos de todo o nordeste durante o final de semana. Neste domingo (12), segunda e última noite de competição, o prefeito João da Costa prestigiou o evento, que sagrou a quadrilha pernambucana Traque de Massa como grande campeã.

O Concurso Nordestão de Quadrilhas 2009, que este ano teve como tema “Recife Capital Junina”, é realizado em parceria entre Prefeitura do Recife, Federação de Quadrilhas Juninas de Pernambuco (FEQUAJUPE), União Nordestina de Quadrilhas (UNEJ) e a Confederação Brasileira de Quadrilhas (CONFEBRAQ). Segundo o prefeito, o intercâmbio cultural é uma característica bastante positiva do concurso. “Recife é uma cidade multicultural e essa interação entre os estados é importante para fortalecer o movimento das quadrilhas no Nordeste e consolidar a cidade como um dos principais pólos juninos”, falou. Além do prefeito, o secretario de cultura Renato L, e a presidente da Fundação de Cultura (FCCR), Luciana Félix, também acompanharam o evento.Por volta das 19h30, o concurso foi aberto com uma apresentação não competitiva da quadrilha “Sempre Kitas”, de Paulista, composta por transformistas, que defenderam o tema “Nordestão 2009 - homofobia não”. Em seguida, foi a vez da campeã do Grupo B do Campeonato Pernambucano, a Sanfona Branca, apresentar um enredo sobre os seus dez anos de existência. “O Nordestão traz a oportunidade dos jovens quadrilheiros se apresentarem e do público conhecer um pouco mais da nossa tradição junina. Isso se deve ao total apoio do prefeito João da Costa”, ressaltou o presidente da FEQUAJUPE, Gilcley Paiva.

Após as participações especiais, as apresentações competitivas foram abertas pela quadrilha A Mais Gostosa do Sertão (PI) e a noite ainda contou com a exibição de Suvaco de Cobra (MA), Século XX (SE), Forró Mandacaru (BA) e, fechando a noite, a pernambucana Traque de Massa. Por sediar o torneio, Pernambuco teve duas concorrentes, que são as duas primeiras colocadas do Campeonato Pernambucano: a Traque de Massa (Olinda) e a Zabumba (Camaragibe). Nove jurados, um de cada estado do Nordeste, fizeram a avaliação os grupos em quesitos como, organização, originalidade, tema, coreografia, entre outros. Segundo o secretário de Cultura, Renato L, o evento reforça a valorização da nossa cultura. “É uma maneira de prestigiar uma das manifestações mais tradicionais do nosso São João e proporcionar o intercâmbio entre as quadrilhas de Pernambuco e outros estados do nordeste”, afirmou.A grande campeã do Nordestão 2009 foi a quadrilha Traque de Massa (PE), com o tema “Cinzas de um Herói”, que contou um pouco da história da corrida de jerico da cidade de Panelas, interior de Pernambuco.

A quadrilha recebeu premiação de R$ 6.800. A vice-campeã conquistou um prêmio de R$ 4.800, e terceira colocada ficou com R$ 3.800. Todas as outras agremiações receberam R$ 1.800 de participação. Segundo um dos diretores da Traque de Massa, Waldson Inácio, apesar de ser a estréia da quadrilha no concurso, a vontade de conquistar o título era imensa. “É a primeira vez que participamos mas vamos fazer bonito para sermos campeões”, disse. O que acabou se confirmando.

Confira o resultado do Nordestão 2009

1º - Traque de Massa (PE)

2º - Rosa dos Ventos (AL)

3º - Mistura Gostosa (PB)