IMPASSE DA GRANDE RECIFE

Saiu na coluna JC nas Ruas, de Claúdia Parente, no Jornal do Commércio (14/05/2009) que existe um impasse da comunidade de Sítio dos Pintos para que o Grande Recife comece as obras do Terminal de ônibus na comunidade. Pois, a dificuldade é que algumas lideranças defendem a compra de um terreno privado para o terminal, mas outros querem uma praça nesse local. Mas de fato o impasse começa no Grande Recife, pois já faz dois meses que a Compasp - Comissão Pró-Arraial do Sítio dos Pintos protocolou no gabinete de Dílson Peixoto (diretor-presidente da empresa) pedido esclarecimentos sobre o projeto da obra e uma audiência para dialogar sobre a questão, e até hoje nada. Segundo a opinião da coordenação da Compasp, a única dificuldade que esta tendo é a do dialogo transparente e político. “O impasse não é só da comunidade, mas sim da falta de colocar todo mundo na roda e conversar politicamente. Achamos que é função do governo dialogar com a população e saber de fato se ela que isso mesmo. Além de ser transparente e imparcial”. Nós fizemos um abaixo-assinado que já foi entregue na Grande Recife com assinaturas de moradores (as) do bairro e querem o cancelamento do projeto e sim a construção de uma praça de eventos, a mesma, já foi ano passado à plenária do Orçamento Participativo para ser votada como uma das prioridades da comunidade. A Compasp afirma também que estar se articulado para mostrar o que o povo que de verdade. “Agora vai voltar novamente para ser votada pela população e bem articulada. A nossa luta não é só para cancelar, mas também da falta de dialogo da empresa com a grande população de Sítio dos Pintos”.