PUBLICAÇÃO ESTA ERRADA

Gostaria que o Diário de Pernambuco faça uma correção sobre o artigo que saiu na edição do jornal, na ultima terça-feira, dia 14 de abril. "SAÚDE - Postos de Saúde da Família não funcionam com eficiência O líder comunitário José do Rádio, do Sítio dos Pintos, reclama que os Postos de Saúde da Família (PSFs) não estão cumprindo sua função e o atendimento médico à população só acontece com muita pressão. Ele diz que há postos que estão sem coordenadores, o que deixa o atendimento ainda mais desorganizado. "É preciso que a Prefeitura vá às ruas fiscalizar o serviço", diz. A assessoria de Comunicação Social da Secretaria Municipal de Saúde informou que a área do Sítio dos Pintos, em Dois Irmãos, é coberta por três postos de saúde, que contam com três equipes de PSF. Em caso de denúncias como esta, a Prefeitura orienta que o cidadão procure a Ouvidoria Municipal de Saúde no telefone 0800.281.1520, de segunda a sexta, das 7h às 19h". Primeiro: Não sou lider comunitário, sou agente de comunicação popular, e José da Rádio, no meu artigo que publiguei no site, este que esta abaixo, em nenhum momento se fala do médico atender sobre pressão, mais sim o sistema - o programa Saúde da familia / o atendimento desse sistema. Por isso, gostaria que novamente, por favor pudesse sair a reflexão que faço do Programa. No artigo, coloco o exemplo a capital de Pernambuco (Recife). Acho que no meu artigo tem coisas que chama mais atenção, como o Sistema de Saúde, dos PSF´s não ser digital, e sobre a parte da administração (administrativa), que a ACS tem que fazer esta função também, atualmente esta acontecendo isso. "ESTÁ NA HORA DA PCR, AVALIAR OS POSTOS DE SAÚDE DA FAMILIA, POIS ALGUNS SÓ FUNCIONA COM MUITA PRESSÃO E OUTROS SEI COORDENAÇÃO. NÓS, QUE ANDAMOS AS SEIS REGIÕES ADMINISTRATIVAS DO RECIFE, É A POPULAÇÃO FALANDO QUE O PIOR SERVIÇO DA CIDADE É A SAÚDE (PSF´s). ACHO QUE É PRECISO DIALOGAR MUITO MAIS COM A POPULAÇÃO E VERIFICAR CADA COMUNIDADE, AS SUAS NECESSIDADES ESPECIFICAS. FICO COM MUITA PENA DE ALGUMAS AGENTES DE SAÚDE QUE TRABALHAM SUBINDO E DESCENDO LADEIRAS, AINDA TEM QUE FAZER TRABALHO ADMINISTRATIVO, POIS NOS PSF´s NÃO TEM AGENTES ADMINISTRATIVOS E NEM COMPUDATOR. O MAIS INTERESSANTE É QUE AS COISAS DOS POSTOS (DOCUMENTOS) NÃO SÃO DIGITALIZADOS, PODE UMA COISA DESSA. ALÉM DE QUE ISSO DIFICULDA O MELHOR ATENDIMENTO DOS POSTOS COM OS USUARIOS DO SISTEMA UNICO DE SAÚDE".